ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, julho 31, 2009

O gosto do "grande público" também se pode formar

Muitas vezes se supõe que determinados produtos culturais, como, por exemplo, a ópera e o canto lírico em geral, não têm vocação para chegarem ao chamado "grande público".
Esta é uma ideia feita que carece de rigor.
Sabemos de muitos países em que concertos de música clássica ou récitas de ópera concitam a atenção e o entusiasmo de grandes multidões.
Dir-se-à que isso "é lá fora".No entanto, penso que, entre nós, também se poderão ter espectáculos de música "dita clássica", sem serem servidos a um público "erudito"e "conhecedor".
É claro que um investimento na formação cultural de base dos cidadãos (com as escolas na primeira linha) daria aqui muito jeito. Mas, ainda assim, é possível "dar uma certa volta à situação".
Tudo depende da forma como esses produtos são apresentados.
Aqui vos deixo um exemplo. Trata-se de uma noite de ópera e canções napolitanas, que o Município de Valongo apresenta, há alguns anos, em auditórios ao ar livre, onde comparecem os munícipes que o desejam. Não há selecção. Mais novos ou mais velhos,com formações culturais diversificadas, ali vão.
E participam. E aderem. E "comportam-se" correctamente.
Ou seja, o gosto do "grande público" também se pode formar, para que não seja apenas preenchido por Carreiras, Emanueis ou Sintras.

Nota- No sábado, 1 de Agosto, realiza-se a edição 2009 desta iniciativa.

Etiquetas: , ,