ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, novembro 02, 2007

2


As escutas telefónicas estão na ordem do dia.
No entanto, o assunto não é novo.
Como se sabe, "nos tempos da outra senhora", a pide espiolhva a vida de muitos cidadãos, até ao mais ínfimo pormenor.Essa actividade incluia o controlo das conversas ao telefone.
Mas, como a tecnologia então disponível não tinha a sofisticação de hoje, para o efeito, usavam-se os chamados PBX, centrais telefónicas em que as linhas eram ligadas através de cavilhas (hoje conhecidas por jacks).Por isso, muitas vezes, quando se iniciava uma chamada, ouviam-se os ruídos da ligação das tais cavilhas, que eram a indicação inequívoca de que a conversa estava a ser escutada e gravada.
Conheci, nesses tempos, um velho resistente, que já tinha estado preso e que, por isso mesmo, era alvo de vigilância especial.
Como ele sabia que já tinha "a ficha queimada", e já não se importava muito com o que lhe poderia acontecer, quando sentia o tal barulho de intromissão na linha, bradava, em voz forte:
- Ó Zé! Mete a cavilha no cu!
O diligente funcionário policial que estava de serviço, lá tinha de engolir o insulto, pois não podia denunciar-se.
Até que um dia, repetindo o nosso amigo a expressão que tanto o apaziguava:
- Ó Zé! Mete a cavilha no cu!
ouviu, lá ao longe, uma voz cavernosa:
-Vê lá se não te caem os dentes com a piada.
Como o velho resistente sabia que esse "cair de dentes" não seria certamente devido a causas naturais, durante uns tempos, moderou as intervenções sarcásticas que usava nessas circunstâncias.
Mas, mais tarde, haveria de voltar ao mesmo.

Etiquetas:

quarta-feira, outubro 31, 2007

Portáteis na escola, saiba para quê

O Ministério da Educação, está, como se sabe, a promover a distribuição de computadores portáteis para alunos do 10º ano.
Para exercitar competências na área da expressão escrita?
Para incrementar nos alunos o gosto pela investigação e a pesquisa?
Para desenvolver capacidades de raciocínio matemático?
Será para isso?
Talvez não!
Oram vejam um anúncio da TMN que tem passado nas televisões. Aí se explica, de forma bem objectiva aos jovens alunos, para que servirão os ditos portáteis...

Etiquetas:

segunda-feira, outubro 29, 2007

Dali no Porto

Fui há dias ao Palácio do Freixo, visitar a exposição "Dali no Porto" , que está prestes a encerrar.
Trata-se de uma mostra que reúne algumas centenas de trabalhos do célebre pintor catalão, com destaque para inúmeros trabalhos que ilustraram várias obras literárias e algumas esculturas.
Quando se fala em Dali, o que ressalta, com frequência, é a sua extravagância e teatrealidade de atitudes.
No entanto, é bem patente nesta exposição, que Dali é um artista fora-de-série, com uma técnica apurada. Em muitos dos seus trabalhos, até para um leigo como eu me confesso, é evidente a sua inegável capacidade para desenhar muito bem, designadamente no que se refere ao corpo humano.
Nesta exposição é também possível admirar o carácter multifacetado do seu talento, por vezes tocado por uma certa aura de loucura de que nunca se libertou. Mas sempre dando a ideia de que se tratava de uma "loucura controlada" ou mesmo procurada, talvez tendo em vista alguma intenção publicitária que contribuisse para uma maior procura das suas produções.
Uma outra nota que aqui gostaria de deixar, refere-se a excelente trabalho de recuperação do Palácio do Freixo, edifício que estava em ruínas e que surge agora restaurado, com aquilo que foi possível reaver deste monumento do século XVIII, com traça de Nicolau Nasoni.

Etiquetas: