ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, abril 06, 2007

Quando era miúdo, sentia esta quadra que estamos a viver, como particularmente sombria.
Sobretudo porque rádio e televisão, deixavam de lado todos os programas e todos os típos de música que pudessem sugerir alegria.
Os programas eram, para além dos noticiários, filmes ou documentários de carácter bíblico.
A música era essencialmente clássica com predominância da sacra.
E eu dava por mim a desejar que chegasse o Sábado de Aleluia, para que a alegria pudesse voltar.

Porque os tempos são outros, posso, já à Sexta-Feira, deixar aqui, para todos, votos de

BOA PÁSCOA!
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Etiquetas:

terça-feira, abril 03, 2007

A pedagogia do grito

Há dias, a Ministra da Educação participou, em Santa Maria da Feira, numa cerimónia de distribuição de prémios no âmbito do Desporto Escolar.
Quando se preparava para dizer algumas palavras, recebeu um coro de vaias vindas de jovens estudantes que ali se encontravam.
Fiel ao salutar princípio pedagógico "grito com grito se paga", usou o microfone e gritou mais alto do que os alunos.
Obviamente, ganhou.
E disse-o!
Vejam:

Etiquetas:

segunda-feira, abril 02, 2007

Há muitos anos, tinha acabado de entrar a Primavera...


Foi há muitos anos atrás. Tinha, como agora, acabado de entrar a Primavera.

Num recanto daquela casa de chá que um dia o Siza desenhou para construir em cima dos rochedos da praia, ali estávamos os dois, falando, um tanto ao acaso, de coisas da profissão, como se isso fosse o objectivo único do encontro.

Mas ambos sabíamos que não era.

No entanto, a conversa ia tropeçando nas palavras, tal como as ondas que, através dos vidros, víamos lá em baixo, dançando naquele vai e vem que não se resolve.

Foi talvez o pôr-do-sol, magnífico, sobre o mar, que, subitamente, obrigou os nossos olhos a encontrarem-se de tal modo exigentes, que as palavras tiveram mesmo de ceder o lugar.

Depois, a minha mão, sobre a pequena mesa, foi ao encontro da tua, e, foram elas que expressaram tudo aquilo que as palavras não tinham chegado a dizer.

Foi há muitos anos, tinha acabado de entrar a Primavera.

Claro que te lembras, companheira!

Etiquetas: