ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, fevereiro 06, 2009

A contrada do Dragão


Há anos estive em Itália e uma das terras de que mais gostei foi Siena.
Local onde decorre, anualmente, na praça principal, uma alucinante corrida de cavalos.
A competição é disputada por dez das dezassete contradas da cidade. Cada contrada equivale a um bairro e tem uma designação própria: Pantera, Tartaruga, Torre, Águia... A nossa guia local, por exemplo, era fervorosa seguidora da contrada da Loba.
A rivalidade é grande.
Como turista que se preza tratei de adquirir um souvenir de Siena e, então, trouxe a bandeira de uma contrada.
Depois de observar as bandeiras disponíveis, acabei, obviamente, por me decidir pelo símbolo da contrada do Dragão. Claro! Só poderia ser.
Esta bandeira está em local de destaque na minha casa. Aqui vos deixo a imagem.

Etiquetas: ,

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Um ilustre desconhecido


Há tempos estreou em Londres uma peça de teatro destinada a divulgar, junto dos ingleses, esse grande português que foi Aristides de Sousa Mendes. Homem que, apesar da apregoada “neutralidade” de Salazer, pagou bem caro o facto de ter salvo dos campos de extermínio nazis, dezenas de milhar de judeus.
Acabou a vida ignorado, com graves problemas económicos. A casa onde viveu, está em ruínas, sem que apareça alguma entidade capaz de recuperar o imóvel para aí instalar um museu que recordasse a figura deste insígne compatriota.
É claro que se Sousa Mendes tivesse sido jogador ou treinador de futebol ou cantor mais ou menos “pimba” ou ainda político habilidoso, teria concitado as atenções gerais, designadamente, de órgãos de comunicação.
Mas, como não foi nada disso e o mérito que teve foi “apenas” o de salvar umas quantas “insignificantes” vidas, a única coisa que conseguiu foi o estatuto de “ilustre desconhecido”. Apenas fugazmente interrompido por aquele bizarro concurso(“Os Grandes Portugueses”) em que , apesar de ter obtido alguns milhares de votos,foi largamente suplantado pelo ditador de Santa Comba.
O que é triste em tudo isto é que são todos os dias elevadas à categoria de “heróis”,personalidades que, comparados com Aristides têm a dimensão de um mosquito.
E, neste caso, é preciso vir de Inglaterra um exemplo de divulgação da obra de um homem que deveria ser considerado como um vulto grande da nossa história.

Etiquetas:

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

O Move Rio Tinto continua


Já aqui vos tenho falado no Movimento em Defesa do Rio Tinto. Aliás,ali na barra lateral, tenho um selo que encaminha para o blog oficial do Move Rio Tinto.

Este movimento de intervenção cívica,como muito outros, vive da dedicação e empenhamento de gente que rouba à família e ao lazer as horas que dedica à sua missão de cidadania. Que, para além do mais, terá que ser conciliada com actividades profissionais exigentes. E sem que, com isso, se obtenham dividendos económicos ou de poder que muitos outros conquistam em actividades “mais lucrativas”

Por tudo isso, o Move Rio Tinto esteve, durante alguns meses, aparentemente adormecido.

Mas só aparentemente.Porque o rio continua a correr. Com os problemas que ainda não foram resolvidos. Apesar das promessas “escritas em papel molhado”(como canta o Sérgio Godinho).

Por tudo isso, aí está de novo o Move Rio Tinto em acção mais visível.Com ideias e projectos.

Aqui vos deixo, então, o convite para uma visita ao blog do Movimento.Mesmo quem não vive em Rio Tinto ou perto, com a sua presença deixará um incentivo bem importante para quem pretende prosseguir uma acção em prol de um ambiente mais saudável que cada vez mais decisiva se torna em prol do nosso futuro colectivo.

Etiquetas: ,