ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, janeiro 19, 2007

Outro bichano esperto

Era uma vez um gato que vivia, pachorrentamente, numa existência sem grandes preocupações.
Até que um dia, a dona, chamou-o e disse-lhe:
-Ouve lá! A vida está difícil, o governo manda que todos trabalhem, e isto de tu só comeres, dormires e andares às gatas, não pode continuar.
-Mas, ó minha querida dona, o que é que um pobre bichano irracional como eu, pode fazer de útil à sociedade.
-Pois eu digo-te. De hoje em diante, ficas nomeado segurança da capoeira cá de casa. Os galos já não são o que eram e não conseguem manter a ordem nessas galinhas carcarejadeiras. Se não desempenhares bem esse serviço, acabou-se a comidinha.
O pobre do tareco, não teve outro remédio se não conformar-se com a situação.
Mas, esperto como todos os seus pares, arranjou uma forma de juntar o útil ao agradável.
Assim, montou o seu posto de vigia em cima da rede da capoeira, transformando as suas horas de serviço ... numa agradável e cómoda soneca.


foto Peciscas
foto Peciscas

quinta-feira, janeiro 18, 2007

Afinal, a montanha pariu um rato...

Já tenho aqui falado nessa embrulhada novela da TERMINOLOGIA LINGUÍSTICA para os ENSINOS BÁSICO e SECUNDÁRIO, vulgo TLEBS.
Pois, agora, em grande parte pela onda de protestos que esta "novidade" gerou, está a registar-se um recuo por parte do ME no que se refere à sua aplicação, pelo menos, no imediato.
Assim, as escolas já foram recebendo instruções que apontam no sentido de se considerar que, afinal, esta nova terminologia se destinava, essencialmente, a apetrechar os professores com uma outra forma de se abordarem os conteúdos de funcionamento da língua. E, cada docente, verá de que forma se poderá servir dessa "ferramenta".
Por outro lado, as editoras, acabam de ser notificadas para suspenderem a publicação de manuais para o 8º ano, que já estavam a ser preparados com a inclusão das regras da TLEBS.
Bom, esperemos que, com tudo isto, não acabemos, um destes dias, por ver consagrado o princípio da
FLEXIGRAMÁTICA

quarta-feira, janeiro 17, 2007

O que é

Relativamente ao meu desafio de ontem, registaram-se diversos e divertidos palpites. Ninguém acertou em cheio, mas poderei dizer que o Zé Lérias foi o que, ainda assim, andou mais perto.A Lucia também falou em "pêra" (desculpem a falta do ^ na legenda), mas num contexto diferente. De qualquer modo, agradeço a colaboração de todos e todas.

O objecto que vos mostrei , é, nem mais nem menos, do que um utensílio que, antigamente, os barbeiros usavam para aspergir de pó de talco o pescoço dos clientes.


foto Peciscas

Esta imagem mostra o que resta de uma destas peças que o meu avó materno, que nem sequer percebia nada daquilo, adquiriu, conjuntamente com outras, numa ocasião em que lhe deu para montar um salão de barbearia.
O projecto, como é óbvio, nunca foi avante, mas ficaram alguns desses utensílios.

terça-feira, janeiro 16, 2007

O que é?

Quem sabe o que é isto?
Ou, quem não sabendo, arrisca um palpite...


foto Peciscas Amanhã digo o que é.

segunda-feira, janeiro 15, 2007

Santa concorrência...

É rara a semana que não me apareça, à porta de casa ou ao telefone, uma operadora a propor-me um plano tarifário aliciante para as chamadas que faço ou não faço.
Quando vim morar para este sítio, a PT tinha o monopólio e cobrava-me, pelas chamadas para o Porto, que fica a dois passos, como se telefonasse para Penafiel, que fica a mais de 30 km.
Quando foi aberta a concorrência, mudei para outra operadora e a factura desceu 80%.
Deste modo e pouco a pouco, a PT começou a "levar no pêlo". Acabou, a custo, por aprender a lição, e agora está também ao ataque, com reduções substanciais das tarifas.
Mas, como ainda estou zangado com eles, não volto para lá.
Estou agora à espera que a EDP deixe de ser a única a operar no mercado da electricidade para, também, lhe dar o fora.
Imaginem que, na rua onde moro, a iluminação pública pifou há mais de um mês e ainda não foi reparada.
Apesar de quatro telefonemas e um e-mail.
Tem, ainda, a impunidade do monopólio...