ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, julho 25, 2008

Geometrias estivais


foto Peciscas

foto Peciscas

foto Peciscas

Etiquetas:

quinta-feira, julho 24, 2008

Ecologia ou desleixo?

Muito perto de onde moro, há um cidadão que, das duas uma: ou é tão amante da natureza, que deixa crescer livremente vegetação no seu telhado, ou já não manda limpar as caleiras há séculos. Vejam só:
foto Peciscas

Etiquetas:

quarta-feira, julho 23, 2008

O guarda-sol saltitão

Conforme já vos contei, quando chega o Verão, gosto de fazer uns churrascos.
Assim aconteceu um destes dias.
Mas estava muito calor. O calor da tarde. Por isso coloquei um guarda-sol para me proteger da inclemência solar.
foto Peciscas
Só que estava um pouco de vento.
Numa dada altura, entrei na cozinha, para ir buscar uma travessa para colocar o peixe e...cadê o guarda-sol ? . Estava lá a base, mas, nem vestígios do dito cujo. Olhei em volta e nada.
Percorri o pátio até ao portão de entrada e o bicho não estava visível. Até que, olhando para o pátio do vizinho, que fica um pouco mais alto do que o meu, e tem um muro alto a separar, vejo a ponta da haste do bendito guarda-sol a espreitar. Mas como é que ele voou para lá? Subiu uns bons dois metros, saltou o muro e foi cair do outro lado...
E agora, pensei eu?. É que estes meus vizinhos são bem estranhos. Sempre de janelas trancadas... Parece uma casa assombrada. Não gostaria muito de ir lá bater à porta. Até porque, naquele momento, lá estava tudo fechado. Aparentemente, não estava ninguém.
Então resolvi encostar uma escada ao muro, e, com uma vara comprida com um gancho na ponta que tenho por aí para limpar as caleiras lá consegui "pescar" o desgraçado.
Enfim, foi um alívio, mas não deixou de ser caricato: " O voo do guarda-sol saltitão".
Resta acrescentar que, pouco tempo depois de ter recuperado o guarda-sol , senti abrirem-se janelas do outro lado. Se calhar, estavam mesmo lá e devem ter ouvido a confusão. Mas, se estavam, não reagiram. Como disse, bem estranhos.

Etiquetas:

terça-feira, julho 22, 2008

Vai um churrasquinho?

Quando chega o Verão, aí estou eu a atiçar umas brasas para fazer um churrasco.
É preciso acender bem o carvão, deixá-lo pegar e arder um bom bocado, até ficar semi-coberto de cinza. Isto para reduzir a emissão de fumos tóxicos que iriam impregnar o assado.
Depois, é só deixar tostar o produto a cozinhar, no grau adequado e no tempo certo.
Neste dia, o menu envolvia uns costeletões de novilho. Mas, em geral privilegio o peixe.
Então, se estão com apetite, sirvam-se.

foto Peciscas

Etiquetas:

segunda-feira, julho 21, 2008

Posts de Verão.

foto Peciscas
Estamos numa época em que tudo apela ao dolce farniente.
O calor, as férias, os apelos diversos que nos levam a deixar mais de lado o computador, fazem com que, por estas bandas da blogosfera, circule, nesta altura, menos gente.
E quem por aqui passa, vem sem grande paciência para grandes leituras ou grandes demoras.
É, então, a altura para colocar uns posts mais ligeiros, mais a puxar para o lúdico. Assim como, se faz em termos gastronómicos, com as saladas e os pratos mais frescos a apetecerem mais por agora.
É isso que tentarei fazer nos próximos tempos.
A menos que surja por aí algo de mais sério de que seja imperioso falar.

Etiquetas: