ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sábado, fevereiro 05, 2005


E porque muita gente o exigiu, aqui está o debate entre os candidatos!
Não vamos pedir a cada um a sua biografia. Alguns (algumas) já o fizeram em "press release" publicada na respectiva página.
Vamos fazer perguntas.
Cada candidato, responderá, se quiser.
O povo eleitor, se o pretender. poderá também entrar no diálogo.Em directo e ao vivo (quando faltarem 3o segundos não acenderá nenhuma luzinha... )
Comentando, sugerindo, sublinhando, apontando o dedo, contraditando.
Sempre com a devida elevação (não copiando, por isso, os maus exemplos dos profissionais destas coisas).

E a primeira questão colocada aos candidatos é:

  • POR QUE É QUE O TEU NICK É O MAIS CHICK ?

sexta-feira, fevereiro 04, 2005

VAMOS ELEGER O NICK COM MAIS PINTA!

Apesar de a maioria dos votantes na sondagem anterior (61%) me ter aconselhado:"Ó PECISCAS não te metas nisso", eu vou continuar a meter-me nisto ... Afinal, os resultados das votações nem sempre são para se respeitarem totalmente, não é?
Por isso resolvi propor-vos a escolha do nickame com mais pinta.
Não se trata de escolher o melhor blogue (outros o farão). Mas sim, votar no nickname que nos soa melhor ao auvido, que achamos mais original, mais divertido,mais giro, em suma, ... com mais pinta...
Para já, seleccionei dez candidatos:

Esta votação decorrerá durante duas semanas. Os dois nomes mais votados, passarão à fase final onde se escolherá o nick do ano. Quer isto dizer, que haverá mais nomeados, em futuras rondas.

Secção de voto : ali , na barra lateral.

quinta-feira, fevereiro 03, 2005

SEM COMENTÁRIOS!

Quando se anda por aí, na net, a visitar páginas de gente importante, "figuras públicas", como se costuma dizer, há um um aspecto comum a todas elas (pelo menos pelo que tenho visto até agora): nenhum desses sítios aceita comentários directos. Quer dizer:quem quiser tecer alguma consideração sobre o que pensa, quer do que lê, quer do que acha do próprio dono da página, só o pode fazer em privado, através do endereço de e-mail (quando ele é divulgado).
Sabe-se bem que, sobre tais figuras, normalmente são lançadas ofensivas mais ou menos agressivas, por vezes, mesmo insultuosas. Será essa a justificação para o facto de não haver espaço, nessas páginas para a edição de comentários.No entanto, há recursos para enfrentar os ataques indesejados ou boçais, entre os quais a eliminação pura e simples daquilo que é soez e indecoroso.
E, sendo assim, sobretudo tratando-se de políticos, uma questão se põe : eles passam a vida a dizer que querem representar os cidadãos, que querem ser a sua voz, que estão sempre prontos a ouvi-los, que privilegiam o diálogo, mas, escondem-se atrás de cortinas, ou de gabinetes ou de seguranças para evitarem situações embaraçosas ou perguntas a que não querem responder. Bem basta, pensarão, aquilo a que se têm de sujeitar nas campanhas eleitorais, com os beijinhos babados, com o convívio com os odores corporais da populaça, com os encontrões e pisadelas, com as bocas desbocadas.
As referidas figuras, servem-se destes meios de comunicação unilateralmente, sem qualquer retorno.
Colocam-se um plano superior. Querem, simplesmente ser ouvidos.
Não precisam de escutar os outros.

quarta-feira, fevereiro 02, 2005

ESTOU DESOLADO!

Carnaval na Madeira
Segundo li ontem nos jornais, Alberto João, não vai, desta vez, desfilar, como era seu hábito, no corso carnavalesco da sua ilha.
Confesso que já não dormi bem esta noite pois fiquei desolado com a notícia.
Assim, o Carnaval, deixa, definitivamente de valer a pena.
Sem AJ aos saltos, com as suas sempre vistosas fantasias, que piada vão ter as festas?
Diz AJ que, desta vez não vai, porque estamos em plena campanha eleitoral!
Mas, precisamente por estarmos em campanha eleitoral é que eu acho que AJ, por maioria de razões, não se devia pôr de fora do carnaval...
Afinal, o que tem sido até agora a campanha?

terça-feira, fevereiro 01, 2005

COMECEMOS A TAPAR O NARIZ!

Segundo o relato do jornal "Público", no passado Sábado, Santana Lopes esteve num comício de campanha, em Famalicão, com cerca de mil mulheres do distrito de Braga.
Desde já, uma questão: porquê comícios de mulheres? Será que este modelo de fazer propaganda política, por sectores, ainda não está esgotado? Será que ainda iremos ter comícios de jovens em idade militar? Ou de sexagenários? Ou de adeptos do Boavista?
Estes comícios de mulheres, com vibrantes intervenções em torno de vedetas, masculinas, (claro!) não farão lembrar os do velho Movimento Nacional Feminino dos tempos idos?
Mas, adiante. Nesse acto de campanha, registaram-se intervenções que são um espanto. Assim, ainda de acordo com a jornalista Alexandra Praça, uma das oradoras disse, de PSL:"Este homem é conhecido pela sua natureza sedutora" . Ou, estoutra:"Ele ainda é do tempo em que os homens escolhiam as mulheres para suas companheiras" e "Bem-haja os homens que amam as mulheres"
No final do comício, o candidato do PSD afirmou "O outro candidato(José Sócrates) tem outros colos. Estes colos sabem bem".
Na sua intervenção, entretanto, PSL tinha lançado um repto a JS para que este se pronunciasse sobre a legalização de casamentos entre homossexuais.
Ouvi há pouco, na televisão, PSL jurar a pés juntos que não pretendeu insinuar nada sobre a vida privada de JS. Que "até era amigo dele", emendando , logo a seguir "não quer dizer que sou muito amigo".
Mas é claro que toda a gente percebeu as entrelinhas de tudo o que se passou em Famalicão. Tratou-se do aproveitamento bastante evidente de um boato posto a circular, já há alguns dias, sobre JS, sobretudo divulgado no mundo da internet (e que, na minha opinião, lamentavelmente, circulou em alguns blogues; e digo isto independentemente da opinião que possa ter sobre a individualidade em causa). Atenção que os políticos também já sabem que a blogosfera começa a ser um meio de propaganda com interesse. Alguns deles já cá estão instalados há uns tempos. Outros aparecem agora, em plena campanha (P.Ex o NMS).
A política recorre, como todos sabemos, aos mais diversos meios para atingir os seus fins. Nem que esses meios sejam eticamente reprováveis. Nem que se assemelhem a manobras de limpeza mais do que duvidosa.
É claro que, depois das manobras, muitas vezes levadas à prática por "peões de brega" mais ou menos anónimos, os beneficiados, vêm, com ar angelical, afirmar que nada se passou, que nada se insinuou, que não pensaram em nada de mal, que tudo surgiu na mente de terceiros, designadamente, dos jornalistas.
Mas, como a procissão ainda vai no adro, será de esperar, até ao fim da campanha, que muita mais sujidade venha a aparecer na praça pública.
Será, talvez, prudente, começar a tapar o nariz!

segunda-feira, janeiro 31, 2005

FAZ HOJE UM MÊS!


Faz hoje, precisamente, um mês que nasceu o PECISCAS.
Como acontece habitualmente, os pais recentes. sobretudo, do primeiro filho, vão comemorando a existência do neófito, primeiramente dia-a-dia, em seguida mês-a-mês, até chegar o 1º aniversário.
Depois, a febre comemorativa passa, e só se assinala o evento, ano a ano.
Desculpem-me, então, esta prosápia de pai recente e babado, para vos lembrar que cheguei há um mês.
Um pouco, inicialmente, para ver o que iria acontecer. Se me iria dar bem por cá, se iria ter gente a aturar-me ou, se pelo contrário, iria ser um espaço solitário por onde ninguém passa.
Bom, ao fim destes trinta dias iniciais, confesso que os resultados foram para além do inicialmente previsto.
Em primeiro e principal lugar, porque já tenho por aí uma roda de amigos e amigas que me batem à porta a cada passo e que igualmente frequento com assiduidade. E que vão dizendo e fazendo coisas que funcionam como um estímulo que não rejeito.
A partir dos dados do Geoloc, activado há vinte dias, verifico que tenho uma média diária de cerca de 30 visitantes, oriundos de 21 países ( desde os mais usuais, aos mais estranhos como Brunei ou Singapura). É claro que, comparativamente com os colegas "mais velhos", este são dados modestos. Mas, francamente, eles deixam-me algo convencido a permanecer por cá.
Até porque as longas horas investidas a tentar perceber um pouco melhor como estas coisas funcionam, não devem ser desperdiçadas. É que, há um mês atrás, não fazia a mínima ideia do que era um template, o que era html ou css ( e ainda não sei quase nada). E o que tenho aprendido, deve-se, em grande medida, ao que vou beber aos companheiros de viagem.

Quer tudo isto dizer que vou deixar aqui uma ameaça:
- VOU CONTINUAR!
(até porque acho que já estou meio agarrado por isto)

Ah! E prometo que me vou deixar destas baboseiras de comemorar, mês a mês, o nascimento do rebento... Foi só desta vez!