ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, novembro 27, 2009

Segurança nas Piscinas - Petição on-line

A nossa amiga Odele, que a maioria de vocês já conhece é uma mulher fora do comum.
Há cerca de uma dúzia de anos viu a sua filha Flavia afastada de uma vida saudável e feliz que estava a iniciar, por um absurdo acidente ocorrido na piscina do prédio onde moravam.
Desse terrível episódio resultou o estado de coma vigil em que a Flavia vive actualmente.
A Odele, há cerca de três anos, criou o blog http://flaviavivendoemcoma.blogspot.com/
Aí, para lá de se reportar ao acidente, aos cuidados desvelados que presta diariamente à sua filha, bem como às lutas judiciais que tem desenvolvido para obter a condenação dos responsáveis pelo acidente, esta corajosa lutadora, bate-se pela criação de mecanismos legais que possam evitar a futura repetição de acidentes em piscinas, que, infelizmente, ainda vão ocorrendo, um pouco por todo o mundo.
A sua mais recente iniciativa tem a ver com a exigência de uma Lei Federal sobre segurança nas piscinas que se pretende ver aprovada para vigorar em todo o Brasil.
Para tal, está on-line uma petição que pode ser subscrita por cidadãos de todo o mundo e que poderá contribuir para que tal lei seja implementada.
Apoiar a Odele nesta nova fase da sua abnegada luta é, certamente, uma forma de, também nós, não só homenagearmos a Flavia como também podermos contribuir para a prevenção de novos acidentes tão brutalmente danosos como aquele que ela sofreu..
Para assinares a petição, clica na imagem seguinte




Se estiveres de acordo com o assunto desta petição, por favor ajuda na sua divulgação, colocando no teu blog, site ... ou enviando para os teus contactos um apelo nesse sentido.
A imagem que é o logotipo desta petição, da autoria de Isabel Filipe , pode ser utilizada nessa divulgação, por exemplo colocando-a na barra lateral do teu blog.
Para tal, podes copiar o código html contido na caixa seguinte e colá-lo no teu template , no local onde achares conveniente.


Etiquetas: , ,

quarta-feira, novembro 25, 2009

Dia Internacional de Combate contra a Violência Doméstica.



Normalmente sou um tanto avesso a assinalar dias internacionias disto ou daquilo. Porque, normalmente, estas efemérides são pouco mais do que um "descargo de consciência" que deixa ficar tudo na mesma.
No entanto,  a este Dia Internacional de Combate contra a Violência Doméstica não posso ficar indiferente.
É que, durante bastantes anos, na minha juventude, convivi de muito perto com este drama.
A minha mãe, criatura frágil e indefesa, foi uma vítima silenciosa de um cenário repetido de violência, que conjugava agressões verbais e físicas com desprezo intelectual.
Porque, nesse tempo em que o salazarismo (não tenhamos receio em usar o termo porque essa triste realidade existiu mesmo) dominava mentes e corpos,  as leis não davam a mínima protecção à mulher. O marido tinha todo o direito de a maltratar sem que a vítima pudesse recorrer a algum mecanismo de defesa. Por exemplo, se a mulher fugisse da casa onde era violentada, o marido tinha todo o direito de a ir buscar, dar-lhe "uns safanões" e obrigá-la a voltar regressar. E as autoridades policiais colaboravam quantas vezes, na descoberta do paradeiro da fugitiva.
E mesmo a religião, convenhamos, afirmava o dever de "obediência" da mulher em relação ao homem. Obediência igual a submissão.
No entanto, mesmo com a elaboração de leis que os novos tempos determinaram, que protegem a mulher e os seus direitos e punem os agressores domésticos, o problema está longe de estar erradicado.
Ainda persistem (em todas as classes sociais) casos de estrema e abjecta violência sobre mulheres por parte dos cônjuges, companheiros ou mesmo namorados, que passam impunes e ignorados.
Mas esta aberração social só será de todo vencida quando as próprias mulheres ganharem plena consciência da sua liberdade, da sua dignidade e do direito de verem punidos os seus agressores.A generalização dessa consciência será o passo decisivo que fará com que não mais seja necessário assinalar um dia como este.

Etiquetas: , ,

terça-feira, novembro 24, 2009

Os portugueses, com a crise, estão a cortar na alimentação...

Nestes tempos de crise (económica e de ideias), muito custa alimentar um blog.
Coitadinho deste Peciscas que, actualmente, só come umas três vezes por semana.E, por vezes, só uma sopinha ligeira.
Mas, como os nossos governantes e o Vitor Constâncio vão dizendo que a coisa já está a melhorar, espero, vivamente que o pobrezito, dentro em breve, passe a ter uma dieta mais constante e nutritiva.
Se não, um destes dias, ainda falece à míngua...

Etiquetas: , , ,

segunda-feira, novembro 23, 2009

Pelos Caminhos da Ìndia - Ester Afonso


A amiga Ester ou Tulipa, está a expor fotografias que obteve numa recente viagem à Índia.
Esta mostra já esteve presente aqui no Porto, mais propriamente em S. Mamede de Infesta.
Tive o grato prazer de ter visto as fotos da Ester e digo-vos que esta é uma exposição a não perder.
De modo que, quem puder dar um saltinho até à Biblioteca Municipal de Alpiarça, vai certamente dizer que valeu a pena lá ir.
As imagens e os comentários que as acompanham, revelam-nos uma artista sensível e atenta.
Vão gostar!

Etiquetas: ,