ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, outubro 09, 2009

Coisas simples...

foto Peciscas
foto Peciscas Na auto-estrada A4, aqui bem perto, estão a colocar barreiras acústicas para proteger os moradores mais próximos, do intenso ruído que sempre se origina em vias de grande circulação como esta.
E digo-vos, por experiência directa, que esta é uma solução bem eficaz.
Neste caso, as barreiras são transparentes, de molde a, quem circular na estrada, não fique emparedado, sem vista para a paisagem circundante.
Mas quem planificou o equipamento, teve mais um cuidado. Como a zona ainda conserva bastantes características rurais, circulando por aí bastantes aves, foram colocadas, nas placas, silhuetas de pássaros voando, procurando evitar, desse modo, que haja colisões com os painéis, desses animais voadores, que certamente os deixariam em muito mau estado.
Ao fim e ao cabo, há coisas aparentemente simples que podem evitar inúteis perdas de vidas. Basta ter alguma preocupação nesse aspecto e usar um pouco da massa cinzenta com que a Natureza nos dotou.

Etiquetas: ,

quarta-feira, outubro 07, 2009

Uma proposta...


Quando se fala em eleições, ouve-se muitas vezes dizer que o maior partido é o da abstenção. Ou que deveria haver uma forma de os votos em branco terem alguma influência.
Tudo isto significa a descrença na política e nos políticos.
No entanto, com as actuais regras de financiamento dos partidos (que todos eles, como é óbvio aprovaram) tanto faz votar como não votar, tanto faz exprimir uma opção, como votar em branco.
Mas eu acho que tenho uma proposta que era capaz de fazer os políticos pensarem duas vezes, antes de andarem por aí a endrominar o pessoal.
Assim, bastaria fazer uma pequena alteração na tal lei de financiamento. Deste modo, os partidos só teriam direito à totalidade da subvenção do Estado que recebem tendo em conta a votação em cada um, se houvesse uma abstenção de 0%.
Se 10% dos eleitores não comparecessem ou votassem em branco, cada uma dessas subvenções seria reduzida também de 10%. Para 20% de abstenções ou brancos, haveria um corte também de 20% no dinheirinho a atribuir aos partidos.
E assim sucessivamente.

Mas é claro que esta é uma das tais propostas que nunca terá viabilidade de um dia se efectivar.
Ai! Ai! Ai! Que me estão a mexer no bolso, dirão os tais politiqueiros que estã a arredar o povo das urnas.

Etiquetas: ,

terça-feira, outubro 06, 2009

Tinosunami?

foto Peciscas
Lembram-se do Tino de Rans. O tal que era calceteiro de profissão, chegou a Presidente de Junta, teve um momento de glória num Congresso do PS, foi vedeta de rádio e televisão, gravou discos...
Pois agora, vendo que a sua aura lhe estava a fugir, regressa, como candidato à Câmara Municipal de Valongo.
Tem andado por aí, em campanha. As pessoas ainda se lembram dele.
Diz o Tino que não tem programa porque "tem pessoas". Se calhar, também não seria capaz de o escrever. Mas promete ser um "Tinosunami"...
Os seus cartazes, traduzem bem a personagem.

Político naif?

Ingénuo?

Saloio?

Hilariante?

Oportunista?

Poderá ser tudo isso, mas não será, certamente, pior que muitos outros engravatados que por aí andam.

Etiquetas: ,

domingo, outubro 04, 2009

Morreu Mercedes Sosa


A lendária cantora argentina Mercedes Sosa faleceu hoje, informaram os familiares. Ela tinha 74 anos. "Nesta data, na cidade de Buenos Aires, Argentina, temos que informar que a senhora Mercedes Sosa, a maior artista da música popular latino-americana, nos deixou", diz um comunicado entregue pela família da cantora a jornalistas que estavam na frente da clínica Sanatório de la Trinidad, no bairro portenho de Palermo.

A notícia cai-me no e-mail, pela mão de um amigo e torna ainda mais cinzento este domingo em que a chuva regressa.
Mercedes Sosa foi uma voz da América Latina que era, desde há muito, uma referência para mim.
Não só cultural como também como exemplo de vida.
Esteve muitas vezes com as mães da Praça de Maio, chorando com elas o desaparecimento dos seus filhos, brutalmente assassinados pela cruel ditadura da sua Argentina.
Mercedes partiu fisicamente, mas a sua voz , o seu talento, a sua doçura melódica, ficam aí.
Uma das canções que ela celebrizou, repetia

Gracias a la vida

Também hoje digo

Agradeço à vida ter-nos dado uma mulher como Mercedes Sosa.

Etiquetas: ,