ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sexta-feira, setembro 18, 2009

Um novo concurso?

Esta é uma das vias mais movimentadas de Gondomar.
Por ali passam, diariamente, milhares de automóveis.
Existam diversas placas a definir o limite de velocidade máxima em 50 km/h.
Mas, quem o respeita?
Penso mesmo que, naquele local, está aberto um concurso chamado "Quem é capaz de acertar no poste?"
De facto, percorrendo aquela zona, são diversos os vestígios de hábeis condutores que conseguiram mesmo a façanha de irem fazer uma festinha, mais ou menos amorosa, a um dos muitos candeeeiros que iluminam a via.
Podem crer que não há semana em que um novo exemplar (ou mais)não venha acrescentar-se à vasta colecção de postes amassados, empenados, estropeados.
Sem contar com os muitos que já foram substituídos ou reparados.
Aqui vos deixo uns quantos exemplos.
Enfim, há por aí condutores que, pela sua perícia, bem mereceriam pilotar na Fórmula I (reparem que usei a letra I- de ... escolham vocês o epíteto...)
foto Peciscas
foto Peciscas
foto Peciscas
foto Peciscas
foto Peciscas

Etiquetas: ,

quarta-feira, setembro 16, 2009

Uma atmosfera especial

Visitar uma cave de Vinho do Porto é mergulhar numa atmosfera muito especial.
A luz do sol, quase não entra. A artificial é ténue.
O silêncio impera.
O odor ao néctar que ali se armazena, entra constantemente pelas narinas.
Por vezes, parece que estamos a circular por uma catedral, tal a reverência com que se encara o tal vinho que é uma das realidades culturais e económicas do país (muito embora tenham sido sobretudo os ingleses a produzi-lo e a comercializá-lo).


foto Peciscas
foto peciscas Aos 10 de Setembro de 1756, por Alvará Régio de El-Rei D. José I, sob os auspícios do seu Primeiro-Ministro, Sebastião José de Carvalho e Mello, foi instituída a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto-Douro, também denominada Real Companhia Velha.
Nas suas caves, em Vila Nova de Gaia, pacientemente, envelhecem preciosidades já com muitos anos.

foto Peciscas Mas esta é a jóia da coroa.
Com 142 anos, aqui está, ainda, à espera de que, um dia, algum milionário resolva adquiri-la, gastando, certamente, algumas centenas de milhar de euros.
É um tesouro que a Real Companhia guarda ciosamente.
Para quem pode...

foto peciscas

Etiquetas: ,

terça-feira, setembro 15, 2009

Ainda a cuspidela...

Há dias, falando da acção do Município de Matosinhos penalizando os que cospem para o chão, dei conta de um comentário da Wind, referindo-se ao hábito, bem patente por exemplo em transmissões televisivas, de os jogadores de futebol cuspirem, frequente e copiosamente para o terreno.
E isso fez-me recordar um episódio acontecidos há alguns anos.
Eu era, ao tempo, responsável pela gestão do pavilhão gimnodesportivo da escola onde trabalhava, no tocante à sua cedência a colectividades desportivas da zona em horário pós-escolar.Certa vez, reunindo com essas colectividades, chamei a atenção aos respectivos dirigentes, para o facto de as paredes do pavilhão estarem largamente conspurcadas por cuspidelas dos jogadores que utilizavam esse espaço.
Todos os responsáveis presentes na reunião estavam de acordo na necessidade de se travarem esses hábitos anti-higiénicos dos seus atletas, ainda para mais, por decorrerem num recinto fechado.
Todos, menos um.
Para enorme surpresa minha, pediu a palavra e disse algo como:
-Ó professor. O senhor tem de entender que deixar de cuspir as paredes é impossível.
Perante o meu ar boquiaberto, acrescentou:
-Sabe que um jogador de futebol tem de cuspir!
Enfim! Pelos vistos eu não sabia que cuspir para as paredes faz parte das regras do jogo...

Etiquetas:

segunda-feira, setembro 14, 2009

Parabéns, filhote!

Há um quarto de século, por volta das sete da tarde, eu passeava, nervosamente, no pátio da maternidade.
A essa hora, ouvi um grito de bébé, vindo lá de cima, da zona onde funcionavam as salas de partos.
E, aí pensei que eras tu a anunciar a tua entrada no mundo dos homens.
É estranho como, naquele momento, tive a clara sensação que aquele grito era mesmo do meu filho.
Eras mesmo tu, filhote, porque, mais tarde, soube que tinhas nascido a essa hora.
Passados todos estes anos, ainda recordo esse momento mágico.
Ser pai foi certamente o acontecimento mais importante da minha vida.
Porque, afinal, como disse o Ary:

Um filho é como um ramo despontado
do tronco já maduro que sou eu
um filho é como um pássaro deitado
no ninho da mulher que me escolheu

Um filho é ver-se um homem prolongado
no mundo da verdade em que nasceu
um filho é ver-se um homem atirado
das raízes da terra para o céu

Meu filho minha vida és meu sangue e meu carinho
meu pássaro de carne meu amor
meu filho que nasceste do ventre do carinho
da minha companheira que deu flor

Hoje, dia do teu aniversário, mais do queo beijo de parabéns que te dou, fica o meu desejo de que a vida te sorria, alcances todos os teus objectivos e concretizes todos os teus sonhos.

Etiquetas: