ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sábado, maio 28, 2005

ESTÁS COMO EU!

Image hosted by TinyPic.com
Se por acaso passares por aqui, hoje ou amanhã, é porque, como eu, pertences ao meio milhão de portugueses que não está, algures, em fim-de-semana prolongado.
A maioria dos maus amigos, pertence à outra metade que, usando os mais variados métodos, baldou-se ontem ao trabalho e foi peciscar no país, ou na estranja,enquanto pode.
Que lhe faça bom proveito!

sexta-feira, maio 27, 2005

FUI ÀS COMPRAS, antes que seja tarde...

Antes que o IVA fique mais caro,e a gente tenha de apertar mais o cinto, aproveitei e fui comprar umas coisitas.
Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us
Os amigos e amigas que por aqui passarem, podem dar umas voltinhas, desde que devolvam, em bom estado, depois do fim-de-semana.

quinta-feira, maio 26, 2005

MAS QUE JOGATANA!

Image hosted by TinyPic.com
Esta taça ainda falava português, quando foi entregue aos homens do Liverpool.

Image hosted by TinyPic.com
Após uma jogatana de futebol que é capaz de reconciliar com este espectáculo, o mais desconsolado e desiludido adepto.
Neste caso, bem se pode dizer que nenhum dos dois finalistas merecia ter perdido.

quarta-feira, maio 25, 2005

TANGRAN

O tangran é um jogo geométrico chinês com séculos de existência.
É um conjunto de 7 peças ( dois quadriláteros e cinco triângulos) com as quais se podem construir centenas de figuras.
Trata-se de uma actividade que nós, os professores de Matemática, usamos por vezes nas aulas com alunos mais jovens, porque ajuda a desenvolver competências importantes
Quem não conhecer e quiser experimentar pode ir aqui ao cantinho do Tiago.
É um jogo que requer apenas algum poder de observação e um niquinho de paciência.
Leiam as instruções e ... boa sorte!

terça-feira, maio 24, 2005

AFINAL, QUEM MENTE?

Image hosted by Photobucket.com
Esta novela do défice, parece ser intrincada e interminável.
Afinal como é?
Nós, simples e economicamente ignorantes mortais temos o direito de, uma vez por todas, deixarmos de ser iludidos por pessoas que nos aparecem, com ar cândido, credível, convincente e casto a dizer coisas tão diversas que só podemos concluir que alguém não está a falar verdade.
Temos mesmo de saber se o país está, de facto, a ir pelo cano e têm varrido dados e indicadores da situação para baixo do tapete (designadamente por razões eleitoralistas) ou se nos estão a dizer isso para nos prepararem para a onda de choque que se aproxima. E esta onda, será penalizante, essencialmente, para os do costume, já que os terapeutas, em geral, não são capazes de inovar em matéria dos "pesados sacrifícios" que nos impõem.
Venha de lá a verdade, de uma vez por todas. E, para tal, os economistas e os políticos têm de chegar a acordo, para não se assistir ao indecoroso espectáculo de uns a dizerem que até estamos em retoma e outros a afirmarem que estamos atolados no charco; todos a fugirem com o rabo à seringa e a garantirem que a culpa é do outro. Tal como os meninos pequeninos quando fazem asneiras.
E a culpa não pode morrer solteira. Tem que se apurar quais são os(as) responsáveis pelo descalabro (se este existir mesmo).
Image hosted by Photobucket.com
E quem falhou, e assim hipotecou, por premeditação ou por ignorância, o nosso futuro colectivo, não poderá apenas retirar-se de cena ou, até, ser recompensado com uma cargo de proventos chorudos, pelos "brilhantes serviços" prestados ao país.
Nem basta pôr-lhe um nariz comprido. Porque há coisas que não têm perdão!

segunda-feira, maio 23, 2005

CASACOS DE PELES

De acordo com dados da "PÚBLICA" do último fim de semana, para se fazer um casaco de peles, é preciso matar, por exemplo:

Image Hosted by ImageShack.us 125 arminhos
Image Hosted by ImageShack.us 100 chinchilas
Image Hosted by ImageShack.us 9 castores
Image Hosted by ImageShack.us 30 coelhos
Image Hosted by ImageShack.us 11 linces
Image Hosted by ImageShack.us 14 lontras
Image Hosted by ImageShack.us 11 raposas douradas

Para que conste!