ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

terça-feira, maio 06, 2008

Debate "Amizades reais/amizades virtuais"- 3

Neste debate, tem agora a palavra a amiga Fatyly .
Conforme tenho vindo a dizer, compreenderei que quem me visita possa , por vezes, sentir que o seu comentário poderia ser repetitivo. Assim, quem ler, poderá optar por sair sem comentar ou apenas deixar uma palvra ou um smile, como se fosse um "cartão de visita".

1-Podem ser tão reais como as de outrora, ou seja na época das cartas em que durante anos havia uma cumplicidade na troca de correspondência. Nunca tive nenhum(a) correspondente, mas conheço quem ao fim de 20/30 anos tivesse conhecido o autor(a) das centenas de cartas que foram trocadas.
As amizades criadas aqui podem ter o mesmo conteúdo e textura das no dia-a-dia: ou acabam ou conhecem-se e ainda se tornam mais fortes.
2- Há sempre perigos e contra-indicações, porque a vida é recheada de tudo isso e não é por isso que deixamos de gostar de viver.
3- Poderá ser mais um meio para o isolamento de alguém que por si só já se tinha isolado na vida. Mas falo por mim, que não dependo da internet e é gratificante ler, ler-vos e quem sabe um dia conhecer pessoalmente quem está por detrás desta tela. Se estiver aqui e alguém telefonar ou bater à porta... queres ir ali ou acolá? fecho de imediato o PC e vou dar uma volta.
4- Não necessariamente embora exista de tudo, como lá fora.
Mas olha lá rapaz quem já não teve ou tem frustações da vida social e ou familiar? Para mim...amigos vão, amigos vêm e não fico a marinar nos que já me lixaram ao longo da vida, incluindo familiares! O meu desejo é "liberdade e que sejam felizes"!
A maior frustacção que tenho é de não ter poderes mágicos para pôr fim ao "sofrimento dantesco" que muitos passam, transvessal a todas as idades, sexo e raça... até chegar à palavra FIM. Não quero, não quero mas não sei se será esse o meu destino e...enfim! "

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Andreia do Flautim disse...

Ora cá está mais uma resposta muito sensata!

11:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home