ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

segunda-feira, novembro 05, 2007

Fábricas de sonhos...

Passando pelos corredores de um centro comercial da zona onde moro, deparei-me com uma espécie de estúdio fotográfico e uns painéis com fotografias de rapazes e raparigas muito jovens.
Atentando melhor naquilo, constatei, estupefacto, que se tratava de um convite para que crianças e adolescentes entre os 5 (!) e os 15 anos, se deixassem fotografar, tendo em vista um casting que as poderia fazer iniciar uma carreira de "jovem modelo/actor".

É claro que, tudo leva a crer que o objectivo fundamental seria o de levar os progenitores das crianças, a desembolsarem alguns euros para pagamentos das ditas fotografias e sabe-se lá o que mais.
Reparei, entretanto, que algumas das fotografias afixadas (com o nome e tudo) mostravam crianças que, pelo seu aspecto físico, muito dificilmente poderiam aspirar a uma carreira do tipo das propagandeadas, tendo em conta os cânones que as indústrias da moda e do espectáculo costumam exigir.
Fiquei banzado e a pensar que, se calhar, afinal, eu é que já não estou bem enquadrado no tempo em que vivemos.
Então, anda-se por aí a falar, um pouco por todo lado, em exploração do trabalho infantil, em anorexias e bulimias, em criação de ilusões que podem conduzir a frustrações depressivas complicadas ou mesmo à exposição a aproveitamentos inconfessáveis por parte de gente sem escrúpulos, e permite-se que circulem estas "fábricas de sonhos" completamente enganosas?

E o que é mais preocupante é que lá estavam mamãs, com as suas filhas e filhos, a preencherem os papéis e a marcarem vez para a fotografia.
No fundo, estes comércios, vão-se aproveitar da tendência que muitos pais vão tendo, em fazerem dos filhos os depositários das esperanças e anseios que nunca conseguiram concretizar.
Mas, ao embarcarem nestes perigosos comboios, nem se quer se dão conta do perigo de estarem a iniciar um complexo processo de agregação dos filhos a expectativas irrealizáveis que os poderá levar a caminhos nada recomendáveis.
Depois, quando um dia as situações inesperadas acontecem, pode já ser muito complicado remediar o erro...

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Andreia do Flautim disse...

Há muita publicidade enganosa nesse ramo!

1:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home