ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

segunda-feira, setembro 03, 2007

Crónicas de uma viagem 6

Um dos locais que o Manel sugeriu que visitasse era Linhares da Beira.
Já tinha ouvido falar, sobretudo na revista do INATEL, de que sou sócio e que ali tem uma estrutura de apoio para os praticantes de parapente. Mas nunca lá tinha ido.
Linhares é uma das chamadas aldeias históricas, a quem D. Afonso Henriques concedeu foral em 1169.
A estrutura de ocupação do espaço desta localidade conjuga um tipo de povoamento medieval com o desenvolvimento significativo que obteve no período quinhentista.
Aqui vos mostro, então, algumas imagens que recolhi durante esta visita.

foto Peciscas Logo à entrada , vê-se o que resta de uma calçada romana, por onde circulariam almocreves e que, provavelmente, ligaria a Mangualde:
foto Peciscas Depois, ao lado da Igreja da Misericórdia, encontramos a Casa Fortaleza, que funcionou como albergaria, hospital e casa dos expostos:

foto Peciscas Caminhando por ruas e ruelas, descobrem-se recantos carregados de história:

foto Peciscas Debaixo deste passadiço, encontra-se a Casa do Judeu, que se inseria na judiaria da aldeia, e na qual funcionava a sinagoga :


foto Peciscas Na Travessa dos Penedos, podem observar-se diversas casas em que há, como o nome indica, penedos, mais ou menos grandes, a constituirem parte das paredes:

foto Peciscas Mas ainda há, por ali,belas casas à espera de quem as queira recuperar:

foto Peciscas O Castelo, erigido, bem no alto, sobre rochedos, domina a aldeia e a região:

foto Peciscas Tem um curioso relógio, cujos pêndulos são duas grandes massas graníticas:

foto Peciscas
É claro que estas breves imagens, são apenas uma pequena amostra daquilo que é Linhares da Beira. O melhor é mesmo, um dia, passarem por lá.

Aqui fica o convite e o agradecimento ao Manel, pela valiosa sugestão que me deu.



foto Peciscas

Etiquetas: