ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

quarta-feira, abril 25, 2007

Os meus cravos de Abril, chegaram em Julho...


Conforme já vos contei, vivi o 25 de Abril, em Timor, muito longe.

Essa, será sempre uma frustração que me acompanhará: a de tanto ter ansiado pelo "Dia claro e luminoso" e não estar cá quando ele, de sonho passou a realidade.

Regressei a Portugal, em meados do mês de Julho de 74.

A minha mãe, pessoa sem grande formação política, sabia quão importante seria para mim, poder viver um dia no meu país, liberto de algemas e mordaças.

Por isso, nesse quente dia do mês de Julho de 74, quando cheguei ao meu quarto, tinha lá um lindo ramo de cravos vermelhos.

A minha mãe, tinha ido, de propósito, ao Mercado do Bolhão, que era um tanto longe de casa, só para que o "seu menino" tivesse também os seus cravos de Abril.

Teria feito, se fosse viva, 85 anos no passado dia 22.

No dia de hoje, ao recordá-la com a saudade e a ternura de quem perdeu, com ela, uma parte importante da sua vida, deixo-lhe uma beijo mais carinhoso e mais sentido.

Um beijo em sua memória e em memória desse Abril que ela também festejou.

MINHA MÃE - Zeca A...

Etiquetas: