ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

segunda-feira, março 05, 2007

Resposta a um desafio

Normalmente, pego em poucos desafios, desses que circulam na blogosfera.
Mas, a uma amiga como a Fatyly, não se pode dizer que não.
Por isso, aqui ficam as respostas possíveis…
1- Altura? 1,76 m.
2 - Que sapatos estás a usar? Estou de pantufas.
3 - Medo? Sobretudo, de ficar sem medo, pois isso significaria um adiantado estado de demência,…
4 - Objectivos a alcançar? Ter netos.
5 - Frase que mais usas no messenger? Como raramente ando por lá, se calhar a frase é “boa noite!”.
6 - Melhor parte do corpo? O interior do crânio.
7 - Palavrões? Todos os que vêm no dicionário, os que não vêm e os que invento (sou um homem do Norte, ca…rago!).
8 - Lado da cama? À direita de quem entra.
9 - Tomas banho todos os dias? Claro! (pobrezinho, mas limpinho!).
10- Gostas de toalhas quentes? Dispenso, mas não enjeito.
11- Ursinhos de pelúcia? Já passei essa fase….
12- Acreditas em ti mesmo? É verdade que sim,tal qual o Zé Mourinho (presunção e água benta, cada qual toma a que quer!).
13- Dás-te bem com os teus pais? Já cá não estão os dois. Mas dou-me bem com os meus sogros.
14- Gostas de tempestades? Desde que não abanem muitos as árvores aqui do lado e o vento não assobie demasiado, suporto-as razoavelmente..
15- Desporto? Ando todos os dias a pé e vejo futebol…
16- Passatempos e hobbies? Escrever, ir a umas jantaradas, com a família e os amigos, ler, ouvir música,andar por estes antros de perdição da Internet, blogosfera e afins, fazer umas bricolages simples, ….
17- Fobias e manias? Não gosto de ver as horas, mas tenho a mania da pontualidade.
18- Quantas vezes o teu nome apareceu nos jornais? Algumas vezes, como entrevistado, como autor de pequenos artigos ou em uma ou outra notícia. Mas, atenção, sou um insignificante e anónimo cidadão!.
19- Cicatrizes no corpo? Algumas. Umas na pele, resultantes de um espalhanço de moto e outras, no esqueleto, recordações de um atropelamento ( para além de mais umas ninharias menores…)
20- De que te arrependes de ter feito? De muita coisa e de nada. Porque o arrependimento, nesses casos, será um sentimento de todo inútil, já que o tempo não recua. Bom, ainda assim, posso dizer que me arrependo de não ter conhecido a minha mulher antes de a ter conhecido, muito embora não tivesse culpa nisso…
21- Cor favorita? Azul, para ter que falar numa só, a qual escolho, sobretudo por razões futebolísticas..
22- Um lugar em que nunca estiveste e gostarias de ir? Paraíso (mas só quando tiver de ser…).
23- Manhãs ou noite? Sempre fui uma ave nocturna, embora, actualmente, tenha de me resignar em ir para a cama relativamente cedo..
24- O que tens nos bolsos? Cotão, papéis velhos, lenços, chaves, telemóvel, comando da garagem, … (chega?).
25- O que farias se fosses Primeiro Ministro? Fechava o país para obras e ia de férias.
26- Se ganhasses o Euro Milhões que farias ao dinheiro? Repartia pela família. O que, obviamente, me incluiria. Da parte que me tocasse, compraria um computador e uma Internet que não fossem, tão arreliadoramente lentos como agora…
27- Se te caísse a lâmpada de Aladino o que farias? Que desejos pedirias? Se me caísse na tola, abria o dicionário a que aludi no ponto 7. Desejos, deixar de ouvir as palermices que me obrigam a ouvir dia a dia.
28- Se o mundo acabasse hoje às 23h59m que farias até lá? Como, sobretudo à noite, nunca olho para relógios, chegaria ao momento fatal sem dar conta...
29- Se tivesses um filho sem saber como, sem razão nenhuma, que farias?Até posso ter algum filho sem saber. Se for esse o caso, ele que apareça e logo se vê (se não for dragão, será automaticamente rejeitado). Mas esta da “sem razão nenhuma” é que não entendo. Se as coisas ainda são como antigamente, os bebés não nascem por geração espontânea nem vêm de França…

Depois das respostas, era suposto deixar aqui desafios a outras três pessoas,
No entanto, em vez de especificar quem serão esses amigos ou amigas, prefiro deixar as coisas em regime de voluntariado. Por isso, se alguém que por aqui passar, quiser pegar na deixa, sirva-se…

Etiquetas: