ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Nos tempos da Farinha Amparo

Há muitos anos, havia por aí uma tal Farinha Amparo cujo fabricante era, pelos vistos, um parente afastado da minha mãe.
Esse produto era conhecido e bastante vendido, não pelas suas qualidades alimentares e sabor particularmente relevantes, mas porque, em cada embalagem que se comprava, vinha um brinde. Mais ou menos insignificante mas que funcionava pelo efeito surpresa. Assim, mais ou menos como os actuais Kinder.
E havia mais: coleccionando-se um certo número de tampas de embalagens, conseguia-se obter uma bola de borracha de futebol. Hoje parece insignificante mas, nesses tempos, não era fácil, para muita miudagem, ter acesso a brinquedos. Por isso...
Juntar as embalagens necessárias para conseguir a tal bola foi para mim um objectivo que persegui tenazmente. E lá fui comendo, paciente e heroicamente, aquela paparoca castanha e algo enjoativa.
Aquela mistela era de tal forma pouco atraente que, certa vez em que a não consegui tragar totalmente, a minha mãe colocou os restos no pires do gato, para ver se ele a ingeria.
Pois o bichano olhou, cheirou e, virando-se de costas, começou a fazer, com a pata, o gesto de escavar a terra, bem típico doa gatos quando acabam de aliviar o intestino. Vejam, então, qual seria o aspecto da paparoca...
Quando consegui a almejada bola, achei que já era tempo de acabar com o sacrifício...
Anos mais tarde, a Farinha Amparo acabou.
Mas hoje, ainda existe... Sob a forma de um divertido blog , da autoria da Didas,por onde se gosta de passar.

Etiquetas: ,

3 Comments:

Blogger Andreia do Flautim disse...

Nunca tinha ouvido falar dela!

12:23 da tarde  
Anonymous Francisco Silveira disse...

Não sei porque me deu uma vontade louca de comer Farinha Amparo.
Com leite deve ficar uma delícia!
Vou procurar aqui no Brasil.
Abraços

8:10 da tarde  
Anonymous bell disse...

Já não existe, mas ainda hoje saem cursos na Farinha Amparo tal foi a sua fama eheh

10:53 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home