ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

quarta-feira, maio 23, 2007

Confesso que...

Confesso-vos que estou a passar por momentos de alguma angústia.

É que , conforme tem sido amplamente noticiado, um dos directores de serviços da Direcção Regional da Educação do Norte foi suspenso preventivamente e alvo de procedimento disciplinar mandado instaurar pela Directora Regional, Drª Margarida Moreira. Entretanto, o dito professor já abandonou o cargo que desempenhava, há cerca de vinte anos, e regressou à sua escola.

Não conheço pessoalmente o referido funcionário, mas, quando fiz parte de conselhos executivos, tendo contactos frequentes com a DREN, ouvia falar dele como sendo uma pessoa afável e profissional.

Mas qual foi o "crime" que este homem (pelos vistos ligado ao PSD, o que é apenas um pequeno pormenor) cometeu? Pelos vistos, num gabinete de um colega, terá dito uma piada sobre o processo da licenciatura de José Sócrates. E alguém foi bufar à DR que não admite, segundo ela, que um funcionário público ridicularize o Primeiro Ministro.

E é aí que radica a minha angústia. É que, assumo, durante os muitos anos da minha carreira de professor, bastas vezes disse piadas sobre primeiros ministros, e mesmo sobre ministros e ministras da educação. Relativamente às várias personagens que, ao longo dos tempos, têm passado por esses cargos.

Assim, já nem durmo convenientemente, pois, apesar de aposentado, estou na iminência de ser alvo de um processo disciplinar, com efeitos retroactivos.

Se a Drª Margarida Moreira ler este post, já não me safo...

De referir, entretanto, que esta senhora, nomeada para o cargo pelo actual governo (um outro pequeno pormenor, talvez sem importância) era, até há bem pouco tempo, uma professora, sindicalista combativa, que estava nas primeiras filas das manifestações contra o ME, empunhando faixas e cartazes... O que o poder faz às pessoas!

Agora, falando mais a sério: não espera ver coisas destas, no Portugal do século XXI, supostamente um país livre dos fantasmas de medos e repressões, que um dia sonhei.

Etiquetas: