ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

sábado, agosto 27, 2005

O QUE É PRECISO É PORRADA!

A partir de um post recente do Finúrias, dando conta de uma querela entre o Pacheco Pereira e o Paulo Querido, e, considerando que o país anda bastante adormecido, achei que é preciso acabar com esta paz podre que campeia na blogosfera e partir para o conflito.
Assim, fiz algumas denúncias públicas e convidei o pessoal a soltar também a língua. E, também piquei os visados, para que respondessem à letra.
Deste modo, contribuiremos para uma clarificação que é de todo indispensável.
Como diziam os "anarcas", nos velhos tempos, "os problemas resolvem-se à chapada".
Alguns dos denunciados, já começaram a reagir.Outros aparecem com novas denúncias.
Mas como a temperatura ainda está algo baixa, vou lançar mais umas provocações para a fogueira. E não se julgue que esta é uma guerra só para homens. Aqui, não há discriminações.
Assim:
1 - A Ivanmarle, não julgue que fica a ver, sem stress, esta guerra. O stress, quando nasce, é para todos. Não seja egoísta, menina!
2 - O Bastonadas Nacionais anda a ficar com o cacete mole e por isso já só consegue arrear umas leves porraditas.
3 - A Lima, escusa de vir com essas histórias da neutralidade suiça, que não se safa. Vão lá ao Finúras e vejam como já começou a levar no pêlo.
4 - O Alguidar pneumático, teve um furo e está com a roda em baixo.
5 - A Mushu, para além do que já foi dito, por outros denunciantes, acerca dos locais onde obtém os jogos, tem de comprar rapidamente um fole, porque as brisas andam a ficar paradas.
6 - A Titas, aproveitando a larga experiência em encher caixas de correio, arranjou emprego nos CTT e disfarça dizendo que anda a passear.
7 - O Zona Franca, passou-se para o lado dos "off- shore" do ti Alberto João e também anda a disfarçar, dizendo que anda muito ocupado com outras coisas.

Para já fiquemos por aqui.
Mas,

A LUTA CONTINUA!

ÚLTIMA HORA:

O Finúrias foi visto a dar informações ao Gil Vicente sobre a forma mais adequada para derrotar o SLB e por isso foi expulso do "glorioso" sendo-lhe confiscado o kit de sócio.