ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

quinta-feira, outubro 30, 2008

Haverá lugar para todos?

foto Peciscas Na zona do chamado Grande Porto, há dezenas de centros comerciais. Ainda recentemente foi inaugurado o maior espaço deste tipo do grupo IKEA na Europa.
São catedrais do consumismo. As cores, as luzes, a decoração, tudo está preparado para atrair a presença de multidões e, consequentemente, a apetência para a compra. Do que se necessita e do que não faz falta.
No entanto, quando vou a um destes centros comerciais, em regra, vejo bastante gente a passear. Alguma a entrar em lojas, para ver os artigos, tocar. Mas, logo depois, saem, na maior parte dos casos sem nada adquirir.
Vão ali do mesmo modo que, antigamente se saía para se verem as montras.
Por isso mesmo, causa-me espécie que, perante tanto centro comercial com lojas a venderem tão pouco, ainda haja promotores a arriscarem investir em novos espços. Não será que a concorrência já é demasiada e que alguns destes projectos são mesmo inviáveis?
É claro que os gestores sapientes terão muitos argumentos para responderem a estas perguntas.

Mas o que também é claro é que, depois, as crises aparecem ao virar da esquina...

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Andreia do Flautim disse...

POis é!A maioria dos ordenados em Portugal não permitem que se faça muitas compras!

12:30 da tarde  
Blogger Sol disse...

Bom dia!
~

Engraçado já me lembrei fazer um post sobre este assunto dos centros comerciais.
Mas vai dar um pouco de trabalho pois para pesquisar todos os centros comerciais do porto ainda vai levar algum tempo são realmente muitos.

Eu trabalho num e cada vez se vê menos gente.

este onde eu trabalho, como é dos mais entigos já nem para ver as pessoa lá vao, além do mais o parque não gratuito.

Não entendo relamente como se continua a abrir cada vez mais uma a cada esquina


um bom domingo

1:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home