ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

segunda-feira, dezembro 10, 2007

Vamos participar num post colectivo, em prol da Flávia

Aqui faço eco do primeiro de dois movimentos, que me chegaram através da Isabel Filipe. Amanhã publicarei o segundo.





RALOS DE PISCINAS - EXIJA FISCALIZAÇÃO!

(clicar na imagem para ir ao Blog de Flávia)


Copie o selo acima e participe da blogagem colectiva programada para o dia 17.12.2007.

Palavras de Odele, mãe de Flávia:


Este blog existe, porque minha filha Flavia, que em poucos dias completará 20 anos de idade, está em coma vigil há quase 10 anos desde que um acidente com RALO DE PISCINA lhe interrompeu a infância saudável.
Este blog existe porque o acidente acontecido com Flavia já havia acontecido com outras crianças e continuou a acontecer, no Brasil, em Portugal, nos Estados Unidos, Na França, na Rússia...E este blog existe porque apesar da ação devastadora dos acidentes causados por ralos de piscina, locais e empresas responsáveis pela venda, instalação e manutenção desses ralos que compõem os sistemas de sucção de piscinas, continuam indiferentes à sorte das vítimas, continuam na impunidade, mesmo muitos anos depois da ocorrência das tragédias.
É preciso urgência na fiscalização da venda, instalação e manutenção dos sistemas de sucção de piscinas. É preciso punição exemplar para quem cometeu ou venha a cometer negligências com a segurança dos sistemas de sucção de piscinas. É preciso cobrar agilidade da justiça na proteção das vítimas.
Como eu disse no post anterior, sozinhos fica difícil, mas juntos, somos poderosos.
Por isso, peço a adesão de vocês na blogagem coletiva que estará acontecendo no próximo dia 17 de Dezembro, para aumentar a visibilidade da história de Flavia que é apenas um exemplo, não só no Brasil mas no mundo, da negligência, da impunidade e do desrespeito aos direitos humanos de todos nós.
Muito obrigada.

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Andreia do Flautim disse...

Já conhecia a história da menina!

1:28 da tarde  
Blogger Fatyly disse...

Já li e juntar-me-ei.

4:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home