ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

segunda-feira, dezembro 04, 2006

Metáfora das travagens

foto Peciscas
Às vezes, não há outra hipótese, senão travar a fundo.
Mas, quando isso acontece, é sinal que, antes, existiram circunstâncias que obrigaram a essa atitude extrema.
Ou porque se andou depressa demais.
Ou porque se ia distraído.
Ou porque se confiou nos outros em demasia.
Ou, ainda, porque não fora tidos em conta, todos os dados da situação que se tinha pela frente.
Mas, seja como for, uma travagem violenta, deixa sempre marcas.
A maior parte delas, o tempo, mais tarde ou mais cedo, encarrega-se de as apagar.
Outras, irão permanecer para sempre.
Assim é na estrada.
Assim é na vida de cada um de nós.
Assim é na história do país em que vivemos.