ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

terça-feira, setembro 27, 2005

O VELHO SALGUEIRAL, ESTÁ A MORRER



O Sport Comércio e Salgueiros é uma daquelas colectividades que bem merece o epíteto de "popular". A sua massa associativa e simpatizante era , em geral, oriunda dos estratos sociais menos favorecidos.
E digo "era" porque, infelizmente, o velho "Salgueiral" está, se não morto, moribundo.
Sucessivas gerações de dirigentes sem preparação nem escrúpulos, foram enredando o clube, em sucessivos negócios obscuros e numa teia de dívidas que já não têm reverso.
O último coveiro, foi um tal Linhares, que chegou ao cúmulo de contrair empréstimos com juros de tal modo elevados que, após alguns meses, já faziam dever mais do que a totalidade do empréstimo.
Resultado: no ano passado, o Salgueiros desceu de divisão e jogou todo o campeonato da II B com uma equipa de júniores e juvenis, que, apesar de toda a sua dedicação, foram os "bombos da festa".
Na presente época, desistiu pura e simplesmente do futebol sénior.
Por outro lado, após o sonho megalómano da construção de um novo estádio que custava inicialmente três milhões de contos, viu-
Image Hosted by ImageShack.us
se obrigado a ceder os terrenos do velho campo de "Vidal Pinheiro" para o Metro do Porto e outras edificações, sem que de tal operação rendesse um cêntimo para o clube. O dinheiro obtido foi parar aos bolsos de antigos credores que, ao longo dos anos, se foram envolvendo na concessão de empréstimos, em condições ruinosas para o Salgueiros.
Aliás, este clube, dos mais antigos da cidade, foi sempre penalizado, designadamente nos "tempos da velha senhora" desde que cedeu as suas instalações para um comício de apoio à candidatura de Norton de Matos à Presidência da República, em oposição ao "Estado Novo".
O velho Salgueiral vai morrer.
Os seus coveiros deveriam ser responsabilizados.
Mas não! Andam por aí a pavonear-se e, se calhar, um destes dias voltarão para praticar novos dislates.