ESTA FIRMA FOI FUNDADA EM 31-12-2004.

terça-feira, novembro 29, 2005

SERÁ POSSÍVEL DOMESTICAR A NET?


Manuel António Pina, que conheço desde os meus tempos de estudante universitário, publicou, na sua coluna diária "Palavras" no JN de 18 de Novembro, o oportuno texto que transcrevo, com a devida vénia e um abraço:

"O local (a Tunísia) escolhido para a Cimeira sobre a Sociedade da Informação que está a debater o desejo de muitos países de domesticar a Internet não é de bom augúrio. Para certos governos (o da Tunísia, mas também o da China ou do Irão onde viajar na Net acaba frequentemente cadeia dentro...), há na Net liberdade a mais. Na China, um "blogger" está a cumprir, com a ajuda do "Yahoo!" que forneceu a sua identidade às autoridades chinesas, 10 anos de prisão porque o Governo achou "subversivo" um "post" que escreveu. Por tal motivo já deixei de utilizar o "Yahoo!".
Ao "Yahoo!" pouca diferença fará, mas eu sempre fico melhor comigo mesmo...
A Web tornou-se, em poucos anos, num imenso e plural não-lugar de liberdade individual, principalmente de liberdade de expressão e de opinião. Isso é inaceitável para alguns governos. Por isso querem por-lhe polícia à perna e fazê-la falar, dentro das suas fronteiras, a uma só e unânime voz. Imagine-se o que seria, salvas as devidas distâncias, uma blogosfera portuguesa só com "posts" do dr. Vital Moreira. Aprenderíamos mais sobre as profundezas da natureza humana do que lendo toda a obra do Dostoievsky, mas quem se daria ao trabalho de abrir o "Explorer" para ir dar sempre ao mesmo monótono servidor?